quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Carta das Profundezas - Final


Caro Aprendiz Uxe,
Uma das minhas pacientes parou de orar por causa de algo que cometeu na semana passada. Essa paciente costumava me ser muito útil há alguns anos atrás, antes de começar a seguir o INIMIGO. Ela costumava levar outras jovens para o mau caminho, levando-as pra clubes noturnos, onde dançavam a noite inteira enquanto bebiam e se envolviam com homens diferentes. Ela era uma das minhas pacientes favoritas, mas como tudo tem que sofrer interferência do INIMIGO, ela começou a questionar a sua própria vida e a perceber que não tinha objetivos – eu odeio quando eles questionam as coisas... Se eles apenas agissem impulsionados pelas suas emoções, as coisas seriam bem mais simples para nós!
Bem, essa paciente começou a frequentar a igreja ocasionalmente. Ela já tinha sido convidada por parentes havia alguns anos, e agora resolvera fazer uma tentativa – afinal de contas, as dores de cabeça constantes e as dívidas estavam lhe oprimindo demais. Eu sabia que tinha que ir mais devagar e que não deveria lhe causar tantos problemas, mas era tão tentador vê-la chorar que não pude resistir. Então, ela começou a frequentar a igreja mais vezes, passou a fazer correntes de oração – que estranho! Uma pessoa que arrastava tantas outras jovens para o inferno agora fica orando como uma santinha!
Foi aí que eu entrei! Eu sabia que se ela continuasse assim, eu iria acabar lhe perdendo; por isso, fiz com que um de seus ex-namorados, aquele que ela mais gostava, ligasse para ela na semana passada. Ela ficou muito excitada ao ouvir a sua voz – agora imagine o quanto eu fiquei excitado! Eles saíram e ela acabou caindo no pecado com ele. No dia seguinte, ela estava completamente arrasada. Ela se sentiu a pior mulher do mundo; e, para piorar a situação, ele ainda lhe disse que ia se casar e que tudo não havia passado de uma despedida de solteiro. Ela ficou arrasada. Por isso, ela parou de vez de orar e de ir para à igreja. Domingo passado, ela dormiu até tarde de tanta ressaca da noite anterior.
Se você conseguir que o seu paciente peque, ele então fará o resto por você é muito simples. Observe que os seres humanos são facilmente afligidos pelo sentimento de culpa – o que os prejudica bastante. Quando eles se sentem culpados, não fazem simplesmente nada para que a sua situação mude. Por isso, acabam cometendo o mesmo erro novamente e abandonando a ideia de se consertarem.
Esses humanos... Tão inteligentes e, ao mesmo tempo, tão estúpidos!
Atenciosamente,
Apolion,
Chefe de Legião
(Baseado no Livro “Screwtape Letters” por C.S. Lewis)

Nenhum comentário:

Videos

Loading...
Ocorreu um erro neste gadget

PREVISÃO DO TEMPO