quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Carta das Profundezas - Parte 11


Caro Aprendiz Uxe,
Dei boas gargalhadas quando ouvi seus comentários em nossa ultima conferencia internacional de todos os anos. No inicio, não quis acreditar, mas depois percebi que estava levando mesmo a sério a sua opinião acerca dos pontos fracos do ser humano. Você realmente acredita que a fraqueza do homem está no seu orgulho? Eu sei que, de fato, o orgulho leva ao fracasso, não me entenda mal – afinal de contas, nós demônios sabemos muito bem disso! Contudo, o orgulho é apenas uma consequência; não pode ser considerado como a fonte da fraqueza.
A fraqueza do ser humano sempre foi ele mesmo. Orgulho, lascívia, imoralidade e todas as demais coisas que nos fortalecem são apenas consequência da incapacidade do homem de manter o seu interior puro. Não que ele tenha que ser perfeito, pois sabemos que isso não existe, mas o ser humano tem tudo para ser bem-sucedido e ser o que quiser se tão somente entendesse qual é a sua fraqueza e trabalhasse para vencê-la.
Veja, meu caro amigo aprendiz, que você e eu temos visto homens cuja força tem nos vencido facilmente. E por quê? Porque esses homens reconheceram as suas fraquezas e passaram a depender d’Aquele que é Maior do que nós. Você sabe o INIMIGO. Uma vez que eles vivam segundo o que ELE diz, estamos perdidos! Não importa o quão fraco eles pareçam ou o quão pouco eles saibam, esses homens são imbatíveis, infelizmente.
O INIMIGO lhes concede com uma força extraordinária, capaz de sobrepujar as suas fraquezas e fazê-los como verdadeiras tochas de fogo. Eu mesmo já vi e vivi essa amarga experiência, e posso afirmar: é difícil até mesmo respirar perto desses homens! Os seus olhos nos queimam num relance e qualquer coisa que falam acontece. Uma vez, eu tive uma experiência horrível, que eu até não preferia comentar, mas para que você possa entender com mais clareza, vou lhe contar. Para você ter ideia, eu cheguei a ficar de joelhos, sendo queimado por uma multidão, só porque estava trabalhando na vida de uma das minhas pacientes – ela era minha, fazia a minha vontade e, por isso eu tinha direito de estar na vida dela! Mas não! Uma vez que eles decidiram que eu tinha que sair, eu fui arrancado da vida dela sem explicações. Eu me senti tão envergonhado que decidi até me esconder por uns dias. É obvio que todas as vezes que a minha paciente fazia a minha vontade eu retornava, levando comigo mais 7 colegas meus – como manda a regra, você sabe.
Uma vez que eles recebam a força do INIMIGO dentro deles, não há nada que possamos fazer, a não ser esperar que eles decidam por si mesmos fazer aquilo que é errado – é aí então que recomeçamos o nosso trabalho. Mas isso não acontece com tanta frequência, afinal, somente os tolos são capazes de trocar uma vida de sucesso por minutos de prazer!
Atenciosamente,
Apolion,
Chefe de Legião
(Baseado no Livro “Screwtape Letters” por C.S. Lewis)
Continua...

Nenhum comentário:

Videos

Loading...
Ocorreu um erro neste gadget

PREVISÃO DO TEMPO